Trajes impecáveis: voluntárias dão “ajustes finais” para a Apresentação Musical Anual

“Acho que hoje há mais filantropia e conscientização”, diz Marilene de Oliveira Ribeiro, enquanto pilota uma máquina de costura.

Marilene e Rosa Maria de Almeida Macedo dedicaram dois dias de trabalho voluntário no Instituto Paulo Freire de Ação Social ajustando os trajes que serão usados na Apresentação Musical Anual no domingo (01/12).

Elas remanejaram compromissos com seus clientes para atender à necessidade de 210 crianças e adolescentes. “Planejamos vê-los na apresentação bem vestidos. As becas não podem ficar apertadas nem muito folgadas”, explica Marilene.

Envolvidas com a dinâmica no Instituto, as duas amigas sentem-se satisfeitas em sua primeira experiência com o voluntariado. “A gente se sente útil, fazendo um trabalho importante com amor”, completa Rosa.