Instituto Paulo Freire leva 210 crianças e adolescentes ao palco da Apresentação Musical Anual

A Apresentação Musical Anual do Instituto Paulo Freire de Ação Social brindou a chegada de Dezembro e a marca dos 11 anos do projeto. As 210 crianças e adolescentes atendidas pelo Instituto subiram ao palco do templo sede da Igreja Assembleia de Deus/Belém e impactaram a plateia com talentos que adquiriram nas oficinas ao longo do ano de 2019. Mais de 1.200 pessoas assistiram à programação.

A transformação social estava expressa na disposição dos pais e na postura das estrelas da noite, vestidas de verde. “Há esperança”, constatou a coordenadora pedagógica do Instituto Paulo Freire, Sandra Landim. “Muitos pais chegam achando que não há mais esperança para seus filhos, mas logo começam ver mudança”, contou a coordenadora, comemorando os resultados do serviço de convivência e fortalecimento de vínculos.

Por outro lado, muitos filhos também se alegraram ao ver seus pais com restrições de liberdade serem liberados pela Justiça para assistirem à apresentação. O reconhecimento das instâncias do poder público e do judiciário demonstrou a importância do saldo social obtido por meio do atendimento do Instituto Paulo Freire na região do Parque Oziel.

Léa Costa, esposa do idealizador do projeto, pastor Paulo Freire da Costa, exaltou o trabalho feito com luta e garra pelos colaboradores do Instituto e salientou o cuidado divino em todos os detalhes da apresentação.

Além de familiares e apoiadores do projeto, prestigiaram o evento representantes do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e da Associação Nazarena Assistencial Beneficente (ANA).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Acompanhe trechos da Apresentação Musical Anual do Instituto Paulo Freire de Ação Social: