Crianças dão segundo brilho aos descartáveis fazendo arranjos natalinos

Crianças de 6 e 7 anos do Projeto Semear aprendem a fazer seus próprios arranjos de Natal com materiais descartáveis. No período em que passam no Instituto Paulo Freire de Ação Social aprendem a conviver e dar um segundo brilho a objetos rejeitados após o uso, como os canudos de plástico que utilizaram na confecção das árvores de papel.
Conforme a coordenadora do Instituto, Sandra Landim, a oficina com dobradura e canudos de plástico recicláveis é uma deixa para falar sobre meio ambiente com as crianças. “Conscientizamos sobre o valor do reaproveitamento de material e sobre o quanto precisamos proteger o nosso planeta”, explica.
O serviço de convivência e fortalecimento de vínculos oferecido pelo Instituto Paulo Freire abrange oficinas diversas, como jogos, artesanato, esportes, higiene, música, informática e rodas de conversa. Atualmente 210 crianças e adolescentes participam dos cinco projetos organizados por faixas etárias: Semear, Crescer, Florescer, Frutificar e Renovar.