Natal Solidário é celebrado no Instituto Paulo Freire com ceia especial

A 11ª edição do Natal Solidário emocionou os convidados da solenidade de entrega de presentes no Instituto Paulo Freire de Ação Social, no sábado, 07/12. A expectativa das 210 crianças e adolescentes, ansiosos para receber os grandes sacos vermelhos de presentes, foi superada com a recepção em um buffet caprichado oferecido no pátio do Instituto.

Com decoração natalina, o almoço patrocinado e servido por voluntários antecipou a ceia de Natal para os atendidos no Instituto. A coordenadora pedagógica, Sandra Landim, ressalta que esse é um momento muito esperado pelas famílias da comunidade e torna-se uma ferramenta contra a evasão. “Há crianças que mantêm a frequência no projeto o ano todo pensando unicamente nos presentes que vão receber no Natal”, explica. Em cada kit havia, pelo menos, uma troca de roupas, um par de sapatos e um brinquedo educativo indicado pelo Instituto de acordo com a faixa etária – outros itens foram acrescidos de acordo com a disposição dos doadores.

O trânsito de voluntários no Instituto Paulo Freire foi intenso com a entrega dos presentes e a preparação dos alimentos. Enquanto posavam para fotos com seus presentes, crianças e adolescentes também receberam a dose extra de amor e aceitação que precisam para enfrentar os desafios da vida.

O envolvimento espontâneo de dezenas de pessoas que dedicaram um dia a servir coletivamente no Instituto garantiu que as ofertas individuais fossem bem aproveitadas. Humberto Lino de Santana foi o responsável pelo almoço novidadeiro do Natal Solidário – o valor ofertado proporcionou o almoço, a decoração e a aquisição de 210 chocotones (que complementaram os kits presentes).  A sorveteria Big Bom (Jardim Florence) patrocinou a sobremesa (sorvete de massa).

 

AMPLIANDO A VISÃO

 Regularmente o empresário e pastor Humberto Lino de Santana realiza contribuições sociais para casas de recuperação, investindo na reabilitação de dependentes químicos. Ao visitar o trabalho realizado pelo Instituto Paulo Freire, Humberto Lino de Santana encontrou a oportunidade que precisava para completar sua visão: “Nos sentimos presenteados”, declara. “Contribuindo com um trabalho bem organizado e idôneo que oferece estrutura e apoio a crianças e adolescentes, podemos tocar a base da sociedade, e evitar que os jovens se percam”, afirma, assumindo o compromisso com as próximas confraternizações de fim de ano e com o auxílio à assistência social das famílias mais necessitadas.