Nova dinâmica aquece acolhimento no Instituto Paulo Freire

“Dança”, “Aperto de mão”, “Abraço”: os cartazes nas portas do Instituto Paulo Freire de Ação Social promovem a integração entre monitores e crianças e adolescentes em 2020. É assim, interagindo com um toque no cartaz, que os 210 atendidos pelo projeto apontam, logo que chegam, qual a forma de cumprimento que desejam.

O “quebra-gelo” cria um ambiente favorável à convivência e ao fortalecimento de vínculos, reforçando o comprometimento com a aprendizagem nas oficinas de música, artes, jogos, esportes e rodas de conversa oferecidos pelo Instituto Paulo Freire.
A dinâmica faz parte da reestruturação periódica do projeto social, que reorganiza espaços e atividades, garantindo que os atendidos mantenha-se ativos e interessados.