Agentes prontos a servir ao próximo

Mais de 50 pessoas participaram na segunda-feira (17/02/20) da primeira reunião de Agentes do Instituto Paulo Freire de Ação Social em 2020. “A disposição é a principal característica do agente: ele está pronto a servir ao próximo”, afirmou o representante do Instituto, Paulo Almeida. São pessoas que atuam voluntariamente buscando parcerias e recursos para o projeto social, representando-o em grupos de diversos bairros de Campinas onde existem polos da Igreja Assembleia de Deus/Belém.

Ao interceder junto às suas comunidades, também se tornam elo de comunicação e de sustentação do Instituto. “Uma testemunha pode fazer muitas coisas por uma causa”, assegurou a coordenadora pedagógica Sandra Landim, ao citar doações e melhorias realizadas no espaço por ação voluntária. “Quem serve se torna referência de boas obras”, complementou Paulo Almeida.
Durante a reunião, foi apresentada a rede de assistência à criança e ao adolescente à qual o Instituto está vinculado e as competências dos 19 órgãos que a compõem. A explanação também abordou o panorama de funcionamento do Instituto e de prestação de contas junto à rede de referência e ao cofre público, de onde provém 30% do recurso empregado.
A idoneidade do projeto e a atuação em rede permite que as atividades realizadas com as crianças e adolescentes reflitam nas famílias e na sociedade, gerando transformação social, a exemplo de casos envolvendo a Justiça, por ser referência no trabalho com crianças e adolescentes na região do Parque Oziel. Outro reflexo social apontado foi o aumento da procura pela alfabetização de adultos. “As crianças estão semeando no coração dos pais”, concluiu Sandra Landim.