Fortalecendo vínculos durante a pandemia

Seguindo as recomendações governamentais, em decorrência da pandemia Coronavírus, o Instituto Paulo Freire de Ação Social está impossibilitado de oferecer atendimento presencial coletivo a crianças e adolescentes, como medida protetiva ao contágio. Em obediência à quarentena, as atividades serão retomadas em 13 de abril, se não houver prorrogação.

Durante o período de reclusão, as redes sociais serão aliadas para manter a ocupação criativa, a aprendizagem e o diálogo da família com o serviço de convivência. Os vinculados poderão manter-se conectados com o Instituto Paulo Freire pelo Facebook, Instagram e Youtube.

 

Determinação municipal

A Nota Técnica 001/2020, da Secretaria Municipal de Assistência Social, Pessoa com Deficiência e Direitos Humanos, divulgada na quinta-feira (19/03/20), situa as entidades sociais no contexto da epidemia mundial, determinando a suspensão “de todas as atividades coletivas, incluindo as oficinas e demais ações voltadas aos usuários, bem como reuniões intersetoriais”, “vigorando por prazo indeterminado”. A nota oficial também recomenda medidas de higiene e regime de trabalho alternativo dos centros de atendimento governamentais, bem como das organizações da sociedade civil.

 

Recomendações do Unicef para proteger a infância

 

Com o objetivo de proteger as crianças do surto mundial, o Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) organizou informações sobre o contágio e a doença de forma simples e didática. A página do Unicef apresenta informações e recomendações sobre riscos de infecção, vida social, gravidez e amamentação, viagens e medidas de prevenção: https://www.unicef.org/brazil/coronavirus-o-que-voce-precisa-saber.

O Unicef alerta sobre mitos e informações e erradas sobre o Coronavirus (Covid-19) e aponta a necessidade do aconselhamento seguro. As recomendações do órgão internacional também estão no Youtube, no vídeo “Seis coisas que você deveria saber”, disponível no link https://youtu.be/qz8X0CP1YIQ.